ff

CruzAlta.Net - blog@cruzalta.net
sexta-feira, 10 de janeiro de 2014
Ferrovia Norte-Sul colocará Cruz Alta no mapa do desenvolvimento econômico do país

O município de Cruz Alta reúne várias empresas que trabalham no ramo do agronegócios e dependem diariamente de transporte rodo/ferroviário. Atualmente a estrutura oferecida para os empresários e produtores é deficiente e acarreta na elevação do preço do frete, o que por consequência aumenta o custo do produto final aos consumidores. Uma alternativa para diminuir os custos de produção e impulsionar o mercado de trabalho é a Ferrovia Norte Sul.

Nesta semana a VALEC, empresa pública responsável pela construção e exploração de infraestrutura ferroviária, apresentou um relatório onde mostra o traçado previsto para a nova ferrovia que vai ligar o extremo oeste paulista com o porto de Rio Grande. Este trecho está em fase de estudo enquanto o traçado que liga o estado de São Pulo com o norte do país já está pronto. Durante o ano passado Cruz Alta recebeu a visita técnica do engenheiro João Batista, da STE – Serviços Técnicos de Engenharia – que será a empresa responsável por definir o traçado da ferrovia Norte-Sul. Na oportunidade o engenheiro visitou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico para levantar dados sobre o município.

O Secretário da pasta Francisco Noronha ressalta que Cruz Alta tem um potencial muito grande e a vinda desta ferrovia vai alavancar as empresas que já estão em operação e atrair novos investimentos para a cidade. “A região noroeste do estado liderado por municípios como Cruz Alta e Tupanciretã tem concentrado ao longo dos anos as maiores produções agrícolas do sul do Brasil e várias empresas tem procurado se instalar próximo às rodovias e ferrovias que cruzam estas cidades” salienta Noronha.

A nova ferrovia vai significar um avanço no agronegócio local, pois além de ligar o município com outras regiões vai estabelecer um novo parâmetro no valor do frete e na agilidade no deslocamento dos vagões. Esta ferrovia opera numa bitola de trilhos maior o que possibilita uma velocidade de até 80 km/h no transporte de cargas, atualmente os vagões viajam com velocidade de 20 a 40 km/h. “A Ferrovia Norte-Sul está colocando Cruz Alta novamente no mapa do desenvolvimento econômico do país, mostrando a capacidade do município de atrair investimentos valiosos para toda população” destaca o Secretário.


Fonte: Manka / @scom – Pref. Mun. Cruz Alta

Para o PDF com mapa completo da ferrovia clique aqui

Postado por WM Internet as 09:59 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

 

Últimos Posts

Grupo Humaitá recebeu visita da Bruning Tecnometal...
Último sorteio da Nota Fiscal Gaúcha premia cruzal...
Grave acidente com três vítimas fatais na BR 377 p...
Nono sorteio da Nota Fiscal Gaúcha premia dois cru...
Palavra do Dia - Miguelitos
Radar que pega a 1 km
Acidente mata três pessoas em Hulha Negra
Jovem morre ao cair de silo em Cruz Alta
Acidente entre dois veículos deixa cinco mortos e ...
Acidente na RSC 481, Salto do Jacuí / Estrela Velh...

Arquivos

Outubro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Março 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Abril 2014 Maio 2014 Janeiro 2015 Outubro 2015

 

 

 

WM INTERNET